Escolha uma Página

Aprenda a treinar em casa do jeito certo

Há alguns dias, era um pouco difícil imaginar um treino feito em casa, não é mesmo? Essa é uma das coisas boas da quarentena, pois, através dela, descobrimos que podemos sim fazer exercício em casa – desde que esteja amparado por um profissional, ainda que online, é claro. Afinal, como saber se estamos trainando corretamente, sem gerar aquele incômodo nas costas? É por isso que aproveitamos esse espaço para compartilhar algumas dicas com você. Lembre-se: estamos em fase de isolamento, mas você pode e deve treinar. Porque não faz bem somente para o corpo, como também para a mente. Então, bora lá!

Começamos desmistificando a ideia de que, para treinar em casa, é preciso ter aparelhos caros. Muitas séries de força, aeróbicos, agachamentos e alongamentos podem ser feitos sem os equipamentos da academia, garantindo que você trabalhe todos os grupos. Treinar em casa é possível, mas também exige disciplina e algumas adaptações para se manter motivado e não boicotar o treinamento.

#Dica1: Tenha uma rotina

Os hábitos trazem segurança e estabilidade e ajudam a planejar o que vem em seguida. Por isso, escolha dia e horário que case bem com todas as suas atividades

#Dica2: Defina o local

Escolha um local tranquilo, onde seja possível fazer os movimentos. Não é necessário um local grande: um quarto usado como despensa ou a sala da casa são suficientes.

#Dica3: Use roupas apropriadas

Shorts, bermudas, camisetas e tops são opções que permitem o corpo se movimentar. Prender os cabelos longos também é importante.

#Dica4: Frequência

Mantenha a frequência do treino em casa ao menos 3 vezes por semana para conquistar resultados satisfatórios.

#Dica5: Evite boicotes

Evite parar o treino no meio. Mamães com filhos pequenos, por exemplo, podem esperar a hora do sono do bebê.

#Dica6: Faça o treino respeitando o próprio corpo.

O importante é fazer até o final, mesmo que mais lentamente, em vez de parar no meio.

#Dica7 Preste atenção na respiração

Respirar do jeito certo vai prevenir mal-estar, como as tonteiras, por causa da falta de oxigenação. A respiração deve acompanhar os movimentos. Por exemplo: inspire quando for levantar os quadris, segure a respiração enquanto segura o movimento, e solte o ar ao mesmo tempo em que volta pra posição de repouso. Em geral, o ideal é inspirar pelo nariz ao fazer a força e expirar pela boca ao soltar o corpo.

#Dica8: Beba água antes, durante e após o treino

Mesmo que a climatização de sua casa seja agradável, sem exposição ao sol ou muita gente respirando o mesmo ar, não se esqueça da hidratação.

#Dica9: Faça agachamentos

Esse é um ótimo exercício pra fazer em casa, porque não pede o uso de equipamentos e traz ótimos resultados nos músculos inferiores — em particular as coxas e os glúteos.

#Dica10: Faça abdominais

Muita gente vira a cara para as abdominais, mas não tem como ficam sem elas, principalmente se você quer um abdômen mais firme e definido.

Você sabia que o Sallutem tem enviado treinos personalizados e online para seus alunos? Caso tenha gostado da ideia, deixe uma mensagem. Vamos adorar te ouvir!

Sallutem CTP

Especialistas em Pessoas que não gostam de Atividade Física.

Somos especialistas em quem não gosta de atividade física

Somos especialistas em quem não gosta de atividade física

Achou esse título estranho? Clama, não precisa ler de novo. Porque é isso mesmo: somos um centro de treinamento especializado em quem não gosta de fazer exercícios. E é claro que isso é possível, afinal, estamos há seis anos no mercado treinando mais de 300 alunos...

ler mais
O que fazer para ter uma barriga negativa?

O que fazer para ter uma barriga negativa?

Para começar, lembre-se da máxima dos nutricionistas: você é aquilo que você come. E, cá entre nós, o que evita comer também. Fato é que nem só a alimentação é responsável para conquistar o corpo saudável, ou uma barriga negativa. A resposta está na matemática....

ler mais